PALOTES DE MADEIRA

Com as exigências da modernização da agricultura a SPARC foi desenvolvendo competências na construção de caixas para transporte e acondicionamento de produtos hortícolas vários e frutas. 

Estas caixas que se denominam vulgarmente por palotes são constituídos por uma palete, como base, e lados com alturas variáveis, conforme os produtos a que se destinam.

Há vários tipos de palotes, sendo os mais usados os que são para acondicionar batata, cebola e alhos, por exemplo, e aqueles que pretendem transportar ou acondicionar produtos hortícolas mais leves, que tendem a ser mais altos, assim como palotes para exportar bens que são construídos com madeiras mais finas para optimizar o peso.

A SPARC projecta e constrói palotes para diversas empresas e produtos, garantindo sempre que a qualidade da madeira e da construção deste está de acordo com as necessidades do seu cliente e que fornecerão as condições ideais para o transporte do produto, assim como para o seu acondicionamento em câmaras frigoríficas onde aguardam melhores oportunidades de venda.

Como noutras gamas de produto que a SPARC produz, também nesta está atenta  e disposta a atender ás especificações muito particulares do seu cliente, como sejam os exemplos de palotes desmontáveis (de forma a viajarem vazios ocupando menos espaço), palotes com chaminés de arejamento (para que os produtos neles colocados se mantenham em óptimas condições de armazenamento por muito mais tempo) ou especialmente reforçados para garantirem uma duração muito maior.

As madeiras com que os palotes são construídos são criteriosamente escolhidas de forma a garantirem uma maior durabilidade desta embalagem e os elementos que o compõem e que estão em contacto com o produto normalmente apresentam arestas boleadas para que os bens neles colocados não sofram danos durante o carregamento e armazenamento.